Início Doença de Parkinson Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

- Patrocinito -Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

A doença de Parkinson atinge 1% da população mundial que está acima dos 60 anos, ela se caracteriza por fazer alterações no corpo do seu portador, algumas dessas alterações é a lentidão dos movimentos, tremores, distonia e entre outras.

No entanto, se você tem curiosidade em saber como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson, continue lendo para entender.

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

O que causa a doença de Parkinson

A doença de Parkinson se desenvolve no paciente, logo após a degeneração de uma substância chamada de dopamina, que é neurotransmissor responsável por ajudar o cérebro a controlar os movimentos musculares.

Sem a produção de dopamina, as células que fazem parte do sistema nervoso não conseguem se comunicar corretamente como o restante do corpo, causando assim a perda da função muscular que piorar depois de um tempo.

Até os médicos não sabem explicar o causa a degeneração da dopamina, porém acreditam que alguns fatores, por exemplo, genético, traumas na cabeça e a exposição a produtos químicos e também outros fatores possam contribuir neste acontecimento.

A doença de Parkinson possui cura e nem métodos de prevenção, ela é considerada um dos distúrbios da terceira idade como o mal de Alzheimer.

Quais são seus sintomas

A doença de Parkinson pode afeta um lado ou os dois lados do corpo do portador, geralmente a doença apresenta os seguintes sintomas:

  • Rigidez muscular
  • Tremores
  • Lentidão dos movimentos
  • Desmaios
  • Depressão
  • Dores musculares
  • Lentidão e redução dos movimentos
  • Problemas para engolir

Como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson

O médico faz o diagnostico da doença analisando o histórico do paciente ele observa cuidadosamente todos os sintomas que estão sendo apresentados. Como não existe um exame que seja capaz de diagnosticar logo de inicio a doença de Parkinson o médico precisa de tempo para fazer o diagnóstico.

Portanto, ele pode solicitar consultas regulares e caso tenha alguma dúvida ela poderá solicitar um exame neurológico, físico ou ressonância magnética. Caso seja comprovada a doença ele dará inicio ou tratamento.

Como é realizado o tratamento no paciente

Depois de descobrir como o médico faz o diagnóstico da doença observe como é feito o tratamento do mal de Parkinson. Geralmente ele é feito com medicamentos, que ajudam a retardar o avanço da doença.

Além disso, o médico neurologista solicita mudanças no hábito do paciente, incluindo alimentação saudável e sessões de fisioterapia para ajudar a fortalecer os músculos.

No entanto, quando a doença avança os medicamentos não fazem mais efeito e para solucionar este problema, o médico faz uma cirurgia no cérebro do portador da doença para fazer a estimulação cerebral com ajuda de estimuladores que são implantados.

Conclusão

Por ainda não existir uma exame que ajude a encontrar a doença, a forma de como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson é muito interessante. Ele usa a sua experiência para analisar os sintomas que são apresentados pelo o paciente e daí ele deduz se paciente está ou não desenvolvendo a doença.

  • Yum
Compartilhar
SOS Parkinsonhttps://sosparkinson.com.br/
SOS Parkinson - Quando uma pessoa vai envelhecendo, é completamente normal que ocorra com o tempo a morte gradativa das células nervosas que produzem dopamina. A diferença dessa pessoa para aquela que tem Mal de Parkinson (Doença de Parkinson) é que a esta perde tais células nervosas em ritmo acelerado. Infelizmente, ainda não foi descoberto o motivo da morte repentina nos casos de Parkinson.

Fique Conectado

16,985FãsCurtir
2,111SeguidoresSeguir

Mais Lido

Especialista em Parkinson SP – Encontrando o Doutor Certo

Gerenciar a Doença de Parkinson pode ser um desafio e na maioria das vezes é. Porém, Encontrar um médico que seja bem versátil em DP
- Patrocinito -Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

Eletroneuromiografia (ENMG) Vitória ES – Orientações aos Profissionais

Eletroneuromiografia (ENMG) Vitória ES - Orientações aos Profissionais: O exame de Eletroneuromiografia ENMG Vitória ES é um método de diagnóstico para exame neurofisiológico usado na avaliação diagnóstica e prognostica das doenças doas nervos periféricos, plexos, raízes, neurônios motores espinhais, além dos músculos e junção neuromuscular.

Tratamento Mal de Parkinson – Ibirapuera | SP

Precisa de Tratamento Especalizado para Mal de Parkinson no Bairro do Ibirapuera: A doença de Parkinson (ou mal de Parkinson) é uma doença neurológica, crônica e progressiva, especialidade aqui na clínica sos parkinson Ibirapuera.

Ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson

Ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson: O ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson vem se tornando uma Ferramenta útil, principalmente na diferenciação desta patologia em relação às síndromes parkinsonianas.

Quem leu, também se interessou por

Especialista em Parkinson SP – Encontrando o Doutor Certo

Gerenciar a Doença de Parkinson pode ser um desafio e na maioria das vezes é. Porém, Encontrar um médico que seja bem versátil em DP

Eletroneuromiografia (ENMG) Vitória ES – Orientações aos Profissionais

Eletroneuromiografia (ENMG) Vitória ES - Orientações aos Profissionais: O exame de Eletroneuromiografia ENMG Vitória ES é um método de diagnóstico para exame neurofisiológico usado na avaliação diagnóstica e prognostica das doenças doas nervos periféricos, plexos, raízes, neurônios motores espinhais, além dos músculos e junção neuromuscular.

Tratamento Mal de Parkinson – Ibirapuera | SP

Precisa de Tratamento Especalizado para Mal de Parkinson no Bairro do Ibirapuera: A doença de Parkinson (ou mal de Parkinson) é uma doença neurológica, crônica e progressiva, especialidade aqui na clínica sos parkinson Ibirapuera.

Ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson

Ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson: O ultrassom Transcraniano no Diagnóstico de Parkinson vem se tornando uma Ferramenta útil, principalmente na diferenciação desta patologia em relação às síndromes parkinsonianas.

Dor de Cabeça no Idoso – O que Pode Ser? Devo me Preocupar?

Dor de Cabeça no Idoso - O que Pode Ser? Devo me Preocupar? A dor de cabeça é um sintoma preocupante em qualquer idade. Em idades mais avançadas, no entanto, deve ser sempre encarada com seriedade pelo médico responsável. A apresentação clínica da dor de cabeça no idoso (com mais de 65 anos) pode estar relacionada a uma ampla gama de condições, desde arterite e acidente vascular cerebral até doenças neoplásicas e glaucoma.
- Patrocinito -Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

  • Yum
Compartilhar