Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson
5 (100%) 14 de Votos

A doença de Parkinson atinge 1% da população mundial que está acima dos 60 anos, ela se caracteriza por fazer alterações no corpo do seu portador, algumas dessas alterações é a lentidão dos movimentos, tremores, distonia e entre outras.

No entanto, se você tem curiosidade em saber como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson, continue lendo para entender.

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

O que causa a doença de Parkinson

A doença de Parkinson se desenvolve no paciente, logo após a degeneração de uma substância chamada de dopamina, que é neurotransmissor responsável por ajudar o cérebro a controlar os movimentos musculares.

Sem a produção de dopamina, as células que fazem parte do sistema nervoso não conseguem se comunicar corretamente como o restante do corpo, causando assim a perda da função muscular que piorar depois de um tempo.

Até os médicos não sabem explicar o causa a degeneração da dopamina, porém acreditam que alguns fatores, por exemplo, genético, traumas na cabeça e a exposição a produtos químicos e também outros fatores possam contribuir neste acontecimento.

A doença de Parkinson possui cura e nem métodos de prevenção, ela é considerada um dos distúrbios da terceira idade como o mal de Alzheimer.

Quais são seus sintomas

A doença de Parkinson pode afeta um lado ou os dois lados do corpo do portador, geralmente a doença apresenta os seguintes sintomas:

  • Rigidez muscular
  • Tremores
  • Lentidão dos movimentos
  • Desmaios
  • Depressão
  • Dores musculares
  • Lentidão e redução dos movimentos
  • Problemas para engolir

Como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson

O médico faz o diagnostico da doença analisando o histórico do paciente ele observa cuidadosamente todos os sintomas que estão sendo apresentados. Como não existe um exame que seja capaz de diagnosticar logo de inicio a doença de Parkinson o médico precisa de tempo para fazer o diagnóstico.

Portanto, ele pode solicitar consultas regulares e caso tenha alguma dúvida ela poderá solicitar um exame neurológico, físico ou ressonância magnética. Caso seja comprovada a doença ele dará inicio ou tratamento.

Como é realizado o tratamento no paciente

Depois de descobrir como o médico faz o diagnóstico da doença observe como é feito o tratamento do mal de Parkinson. Geralmente ele é feito com medicamentos, que ajudam a retardar o avanço da doença.

Além disso, o médico neurologista solicita mudanças no hábito do paciente, incluindo alimentação saudável e sessões de fisioterapia para ajudar a fortalecer os músculos.

No entanto, quando a doença avança os medicamentos não fazem mais efeito e para solucionar este problema, o médico faz uma cirurgia no cérebro do portador da doença para fazer a estimulação cerebral com ajuda de estimuladores que são implantados.

Conclusão

Por ainda não existir uma exame que ajude a encontrar a doença, a forma de como o médico faz o diagnostico do mal de Parkinson é muito interessante. Ele usa a sua experiência para analisar os sintomas que são apresentados pelo o paciente e daí ele deduz se paciente está ou não desenvolvendo a doença.

Como o médico faz o diagnóstico do mal de Parkinson

SOS Parkinson – Quando uma pessoa vai envelhecendo, é completamente normal que ocorra com o tempo a morte gradativa das células nervosas que produzem dopamina. A diferença dessa pessoa para aquela que tem Mal de Parkinson (Doença de Parkinson) é que a esta perde tais células nervosas em ritmo acelerado. Infelizmente, ainda não foi descoberto o motivo da morte repentina nos casos de Parkinson.

  • Yum