Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar?

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar?
5 (100%) 6 de Votos

Você que saber sobre quem tem mal de Parkinson pode se aposentar? A resposta e sim. Pessoas que são portadores desta doença podem receber  aposentadoria do INSS.

A doença de Parkinson é degenerativa, crônica e progressiva ela provoca a morte dos neurônios por conta disso, causa alterações como demência, lentidão dos movimentos, rigidez muscular e outras complicações que afetam diretamente a vida do paciente.

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar?

Direitos sobre a aposentadoria

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar com direito a vários benefícios como medicamentos, isenção do imposto de renda, auxilio doença, desconto ao adquirir um carro, tem isenção de IPI, ICMS, além de inserção de tarifas de transporte público e etc.

Como é feita a aposentadoria de Parkinson pelo INSS

Para o portador de Parkinson ter direito à aposentadoria do INSS, ele precisa de um laudo que comprove a doença, este laudo é feito por um perito do INSS.  No entanto, caso a pessoa aposentada com Parkinson necessite de alguma ajuda poderá conseguir um valor adicional de até 25%.

Para solicitar o pedido de aposentadoria é preciso agendar o benefício apesentando os documentos como NIT, carteira de trabalho, atestados, exames, documentos pessoais e etc.

LEIA TAMBÉM: Como evitar mal de Parkinson e Alzheimer

Qual a renda vitalícia da aposentadoria de Parkinson

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar com uma renda vitalícia de até um salário mínimo, porém para receber este valor a família alegar que não tem condições nenhuma de ajudar o portador da doença. Além disso, o paciente não deve está vinculado à previdência social e não está recebendo algum beneficio do governo.

Se a aposentadoria vim negada?

Se o pedido de aposentadoria veio negado pelo o INSS, e a pessoa se sentir lesada deve recorrer à decisão em até 30 dias, direto no  INSS ou com uma ação judicial pedindo a aposentadoria por Parkinson.

Para isso, procure um advogado que seja especialista na área da previdência social para observar o que pode ser feito no seu caso. Com a ação judicial um perito indicado pelo o juiz, poderá apresentar um resultado diferente da pericia do INSS. Com isso, a justiça irá obrigar o INSS a aposentador o portador da doença.

Conclusão

A doença de Parkinson da direito ao portador se aposentador, portanto, se você tem algum familiar que esteja sofrendo com está doença procure o INSS para dar entrada no pedido de aposentadoria, caso seja negada procure os seus direitos com ajuda de um advogado.

 

 

As pessoas que tem mal de Parkinson podem se aposentar?

SOS Parkinson – Quando uma pessoa vai envelhecendo, é completamente normal que ocorra com o tempo a morte gradativa das células nervosas que produzem dopamina. A diferença dessa pessoa para aquela que tem Mal de Parkinson (Doença de Parkinson) é que a esta perde tais células nervosas em ritmo acelerado. Infelizmente, ainda não foi descoberto o motivo da morte repentina nos casos de Parkinson.

  • Yum