Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

A Origem do Mal de Parkinson é Genética?

Avalie este Post

A Origem do Mal de Parkinson é Genética?

Atualmente 1% da população mundial sofre com esta doença, já mais próximo de nós, aqui mesmo no Brasil estima-se que 200 mil pessoas esteja sofrendo de Parkinson. Porém este número não para de crescer.

Por conta disso, as pessoas têm interesse em saber se a origem do mal de Parkinson é genética.

Para saber se podem ou não desenvolver esta doença futuramente e para saber disso é necessário ler sobre a origem da doença.

A Origem do Mal de Parkinson é Genética?

A Origem do Mal de Parkinson é Genética?

A doença de Parkinson conhecida também como Mal de Parkinson é caracterizada pelo o conjunto de distúrbios motores, entre esses distúrbios estão à lentidão dos movimentos, rigidez dos músculos, instabilidade corporal e tremor, principalmente quando o paciente está em repouso. O seu processo de desenvolvimento é lento, mas nas fases avançadas ela pode causar comprometimento mental.

Neurologista Infantil

A doença causa a degeneração dos neurônios que são responsáveis pela a produção do neurotransmissor chamado de dopamina, que tem a função de ajudar o cérebro no controlar a coordenação dos movimentos, fazer a conservação dos músculos e da postura, os principais sintomas começam a aparecer quando começam a morrer os neurônios.

LEIA TAMBÉM: Quais são os estágios do mal de Parkinson

A origem do mal de Parkinson é genética, porém em partes uma delas é causada por um componente ambiental e a outra é causada pelo os genes, no entanto, ela não passa dos pais para os filhos, pois a doença se trata de uma antiga herança genérica.

No entanto, a forma hereditária da doença de Parkinson vem sendo estudadas há mais de 10 anos. Porém é possível que exista algum fator tóxico ambiental que contribua no desenvolvimento da doença, principalmente nas pessoas que possuem predisposição genética. Porém, ainda não existe nenhuma prova científica sobre este fator.

Conheça a nossa história do SOS Parkinson e porque podemos ajudar

A doença de Parkinson é crônica, por isso não existe cura, o tratamento tem objetivo de impedir o avanço dos sintomas que são apresentados por ela, para que desta forma deixe o paciente mais funcional por mais tempo. O tratamento do mal de Parkinson é realizado com medicamentos e fisioterapia para fortalecer os músculos do pacientes. 

Porém quando os medicamentos não estão mais surtindo efeito no paciente o médico realiza uma cirurgia para fazer uma estimulação direta no cérebro, onde ele implementa no paciente alguns estimuladores. 

A origem do mal de Parkinson é genética entre partes como você observou, pois existem alguns fatores que contribuem no desenvolvimento da doença.

No entanto, os médicos ainda não descobriam o principal motivo da degeneração dos neurônios.

  • Yum